quinta-feira, 7 de maio de 2015

Isto que somos sem sabermos




Subtrai-me.
Rasga-me sem pudor
a alma.
Evade-te de ti.
E voa.
Não obedeças
a limites de tempo.
E razão.
Tudo o que conta está no coração.
Sê"




Vítor Fernandes